quarta-feira, 22 de junho de 2011

Mensagem Bíblica(Pastor Marcus Gregório)

Sua Fé, Clama por mais Ousadia





(Atos 15:28) “Pareceu bem ao Espírito Santo”. Muitas vezes, esperamos que a direção do Espírito Santo nos seja dada de uma forma sobrenatural e dramática. Mas, às vezes, não é assim que acontece. Já tomei muitas decisões importantes na minha vida porque “pareceu bem ao Espírito Santo”, que habita dentro de mim.

E, depois de um tempo, ao olhar para trás, percebi que aquelas decisões que tomei foram marcos na minha vida.Um dia, perguntei ao Senhor: “Deus, por que o Senhor não me falou mais claramente que era para eu ter tomado aquela decisão de anos atrás?”. Deus me falou: “Você acha que era necessário? Um cavalo bem treinado não precisa que alguém fique puxando as suas rédeas, porque ele já sabe o que fazer. Uma mula, por sua vez, tem que ser guiada o tempo todo pelo puxar de suas rédeas. Não seja como uma mula; seja como um cavalo bem treinado”.Precisamos estar sensíveis ao Espírito Santo; não precisamos ver uma sarça ardente ou algo escrito no céu para tomarmos nossas decisões. “Pareceu bem ao Espírito Santo”.  Ele habita em nós.(Atos 15:25, 26) Paulo e Barnabé, homens que arriscaram a vida pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo. Sem riscos, não há recompensa. Essa foi a frase que Jesus me deu. Mas, toda vez que Jesus me dá uma frase dessas, eu vou correndo na Bíblia para encontrar respaldo para ela. Muitas frases de impacto não têm respaldo bíblico; elas são apenas uma idéia do homem.Muitos pensam: “Eu quero pregar 100% da Bíblia”. Você só quer, né! Ninguém sabe fazer isso, nem o apóstolo Paulo! Nada do que ouvimos pode substituir a Bíblia.Sempre me perguntam: “PASTOR MARCUS GREOGRIO, então o que o Senhor faz para poder pregar a Palavra? 1) Eu leio a Bíblia.2) Eu oro.3) Eu jejuo4) Eu ouço muitas mensagens5) Vou a congressos para ser ministrado. 
1- Sem riscos, não há recompensa. A definição encontrada para a palavra “arriscar” na versão bíblica NOVA INTERNACIONAL é: “entregar-se nas mãos de alguém, sem esperar nada em troca” , “confiar a si mesmo”, “render-se”. Na cruz, Jesus disse: “Pai, em Suas mãos, eu entrego o meu espírito”. Confiança. Toda vez que seguimos a orientação de Deus, a nossa carne sente como se nós estivéssemos nos arriscando. E muitas pessoas preferem sentir-se seguras, permanecendo dentro do barco. 
2- Medo x Fé. Quando o medo toma conta de você, você teme os riscos. Você não fala de Jesus para ninguém por medo de ser ridicularizado. Você tem medo de ser rejeitado. Eu já preguei coisas que ninguém concordou, recebendo cartas desaforadas e perdendo a amizade de pessoas que eu achava que eram minhas amigas. Depois de um tempo, você não quer mais viver isso... Mas quem aqui deseja obedecer ao Senhor? 
3- Nenhum de nós é perfeito; todos cometemos erros, mas quando algo de Deus está em nosso coração, temos que seguir. Sem riscos, não há recompensa. Deus não vê nada como um risco. Quando os filhos de Israel foram libertos do jugo de escravidão do Egito, eles chegaram até o Mar Vermelho com um exército inimigo atrás deles. Teria sido mais fácil se Deus não os tivesse libertado, porque agora eles já haviam ido longe demais! Ouvia-se o relinchar dos cavalos de Faraó bem perto deles e, na frente, o que havia era água! Aquela situação parecia muito arriscada, mas Deus já sabia o que Ele iria fazer. Como você acha que os israelitas se sentiram ao ouvirem o relinchar dos cavalos? Na carne, teria sido mais fácil se eles não tivessem se disposto a seguir Moisés. Todo mundo tem carne e sentimentos e, não importa o quanto você ouviu de Deus, eles (a sua carne e os seus sentimentos) irão gritar: “Você vai morrer!”. 
4- Não há como Deus operar sinais, prodígios e milagres se você está dentro do barco, incrédulo. Só há como Deus manifestar o seu sobrenatural quando alguém tem “estômago” suficiente para arriscar-se. Não estou falando de arriscar-se parcialmente, mas de arriscar tudo. Quanto maior a sua fé, maior é o seu desejo de arriscar tudo.  Eu nunca quis ser um pregador; eu era um lutador. Mas Deus me escolheu para ser um pregador. Enquanto eu ainda me alimentava da Palavra, sempre havia um incômodo no meu coração; eu perdia o sono. Perguntava: “Deus, o que o Senhor quer?”. E Deus me falou: “Você já sabe que eu tenho algo para você fazer, não é?”. Falei, bem calmo: “É?”. Quando DEUS, me mandou sair de onde eu estava e começar o Ministério Apascentar. Eu já pregava e, a cada dia que passava, parecia que era aquilo que eu tinha que fazer. Mas eu teria que largar o bom emprego que eu tinha. Todo mundo dizia que eu seria um louco se fizesse aquilo. Até não podia ser muita coisa para algumas outras pessoas, mas era o que eu tinha naquele momento. Muitos me diziam: “O que você vai fazer para comer?”. E o diabo tentava pintar aquela imagem de que eu iria passar “a fome do Sertão”! Nós realmente tínhamos pouco dinheiro. A gente nem tinha lugar para morar. Mas, pela misericórdia de Deus, conseguimos achar um apartamento pequeno para nós morarmos. O bairro era horroroso! Eu não tinha dinheiro para nada! Parecia que eu tinha feito a maior besteira da minha vida! Mas um dia chegou uma visita, que levou a comida, e aí nós conseguimos vencer aquele dia. E depois o outro, e mais outro. E um ano. E aí, Deus nos levou para um apartamento maior, para um lugar melhor. Para uma casa melhor e depois para uma casa muito melhor. Mas, e se eu não tivesse desejado arriscar nada? Muitas pessoas chegam para mim, muito vibrantes, dizendo: “Deus me chamou! Quando Ele me der condições de quitar as minhas dívidas e organizar a minha vida, eu vou seguir o meu chamado”. Aí, Deus organiza tudo para elas e, depois de seis meses, elas dizem: “Ah, eu pensei melhor. A minha família está toda aqui... Eu não vou mais não”.Por que as pessoas fazem isso? Medo? Uma vez assinei um compromisso de ir ao campo missionário sem ter o dinheiro para pagar pela minha ida. Só fiz isso porque o Espírito Santo me mandou fazê-lo, mas estava morrendo de medo de passar algum constrangimento na frente de todos porque não tinha o dinheiro. Eu arrisquei passar vergonha, mas Deus me honrou e pagou aquela taxa para mim. Na verdade, aquilo não era um risco, mas na minha carne e na minha mente, parecia que era. 
6 - Não tenha medo de arriscar e seguir em frente! São muitas as vozes que se levantam contra nós para nos impedirem de arriscar, mas siga em frente! Sem riscos, não há recompensa! Não tenha medo; confie no seu Deus. Ele nunca falhou e nunca falhará! 
7 - (Filipenses 2:29,30) Esta passagem nos fala a respeito de um irmão chamado Epafrodito. Ele era um homem a quem Deus usava para ministrar a Paulo, suprindo- o com coisas naturais que eram suas necessidades. Em uma de suas viagens, Epafrodito ficou muito doente e quase morreu. Epafrodito arriscava a sua vida por amor à causa de Cristo. O verso 29 nos ensina que devemos honrar as pessoas que procedem dessa maneira.
É muito fácil ficar na zona de conforto e não arriscar nada, não é? Será que o Cristianismo mudou? Será que não temos mais que ser como Paulo ou Epafrodito, pessoas que desejaram arriscar tudo? Será que ainda desejamos perder a nossa vida para achá-la? Se você não sente que está se arriscando, então, você não está indo além! Você não está obedecendo a Deus.Em relação às pessoas, tudo parece muito mais difícil. Parecia que eu estava abandonando as pessoas, largando os meus relacionamentos. Às vezes, é assim que as coisas acontecem no início. Mas o melhor favor que você pode fazer a alguém de sua família ou a um amigo é obedecer a Deus! As mesmas pessoas que te puxaram para trás vão te agradecer um dia por você ter obedecido a Deus, porque você vai estar na posição de poder ajudá-las.Riscos. Não permita que os seus sentimentos de medo te tirem da rota de arriscar-se por Deus. Muitas pessoas acham que não vale a pena arriscar-se: “E se eu fizer tudo e nada acontecer?”. Eu prefiro bater com a cara no chão obedecendo a Deus do que ficar na zona de conforto por causa do medo de dar o primeiro passo! Deus olha o nosso coração. Confie em Deus de todo o seu coração e não se estribe no seu próprio entendimento.Há muitas coisas que eu fiz que deram certo, mas muitas outras deram errado, principalmente no início do meu ministério. Só que eu nunca deixei que o medo de me arriscar a ir além me dominasse. Eu sempre desejei arriscar a reputação que eu tinha. Eu não me importava que me achassem um ridículo ou um burro.
Eu arriscava ser rejeitado, o que aconteceu várias vezes.Mas eu vou te dizer algo: Não há nada que se compare à paz que há dentro de nós quando sabemos que estamos obedecendo a Deus. Você o segue com o melhor do seu coração e das suas habilidades e, se algo de repente dá errado, não é porque você não teve o desejo de tentar. Se algo não acontecer, não é porque você ficou com medo.Pedro, enquanto estava andando por sobre as águas, olhou para a coisa errada. Ele fez a coisa errada, mas ele fez a coisa certa também!
8-Quantas pessoas você conhece que já conseguiram dar um único passo por sobre as águas? E a razão pela qual Pedro fez isso foi porque ele não teve medo de dar o primeiro passo. Pedro teve “estômago”.O tradicionalismo e a religiosidade tentam fazer com que o homem acredite que Deus é Deus e que ele é uma minhoca insignificante! Aí, quando ele diz que acredita que Deus pode fazer uma determinada coisa por ele, o religioso vira para ele e diz: “Cala essa boca! Quem você pensa que é?”.Como se Deus fosse se sentir ameaçado ao ver-nos realizando muitas coisas! Deus fez o homem e a mulher à sua imagem e semelhança para que eles pudessem andar no mesmo nível. E, depois que o homem caiu, Deus sempre teve um plano para resgatá-lo de volta, que culminou com Jesus. Se assim não fosse, Jesus teria dito: “Pedro, como você ousa andar sobre as águas, como eu? Ninguém pode fazer o que Eu, o Filho de Deus, posso fazer!”.Mas Jesus não é assim. O que Ele disse? “Você quer andar por sobre as águas? Vem, então! Não tenha medo de arriscar-se! Dê o primeiro passo”. Mas, e se eu errar? Tenha a humildade de reconhecer que você errou. Ninguém tem o direito de te acusar. Pelo menos, você tentou. 8 - Com Deus, não há risco de falhar se você mantiver a sua obediência. Mas pode ser que você não sinta isso, e você vai precisar aprender a lidar com os seus sentimentos e com a sua mente. As pessoas que são tremendamente usadas por Deus não são super-heróis, como muitos imaginam. Mas elas são pessoas desejosas por obedecer a Deus! Muitos são chamados, mas poucos escolhidos. E por que isso acontece? Porque poucos respondem ao chamado. Poucos desejam arriscar tudo.Quando me falaram que eu iria pregar pela primeira vez na Igreja, eu fiquei louco.
Aquelas pessoas estavam acostumadas a ouvir grandes pregadores! Deus me falou: “Sei que você sente que tem pouco a oferecer dentro de si. Você realmente tem pouco se você for se comparar a essas pessoas que já têm caminhado comigo há mais tempo. Mas Eu posso pegar o pouco e fazer muito com ele. Segure o pouco que você tem, como aqueles cinco pães e dois peixinhos, me dê graças por eles e veja como eu multiplicarei esse pouco e alimentarei a todos”.  E Deus me honrou. Aquilo realmente foi um milagre!Você não pode ter medo de se arriscar! Você não pode ter medo de errar! Você não pode ser um covarde! Se Deus disse que você é algo, então é isso que você é, e não o que você sente a respeito do que Ele disse!(Salmos 36:3-6) (Provérbios 29:25) Quem teme o que o homem pensa ao seu respeito fica paralisado. Muita gente fica analisando o que é “politicamente correto” antes de abrir a boca! Uma pessoa dessas não tem identidade; não tem segurança em Cristo! Não viva a sua vida baseando-se no que as pessoas pensam! O que teme ao Senhor está em segurança, embora muitas vezes ele possa não se sentir assim. (Marcos 10) Não pense que a história do jovem rico não se aplica a você, só porque você não é um milionário! Não pense que o arriscar-se por Cristo não se aplica a nós, só porque não vivemos em um lugar como o Antigo Império Romano, onde matavam aqueles que abraçavam a causa de Cristo. Nós precisamos nos arriscar.

A Palavra de Deus não mudou.Ninguém pode ser mais importante para você do que o Senhor. Você sabia que se você achar a sua vida, você vai perdê-la? Se uma pessoa amar a alguém ou a si mesma mais do que a Cristo, ela não é digna Dele. Se você por a mão no arado, o que Jesus diz? “Não olhe para trás”.No campo missionário, muitas pessoas desistem de continuar no seu chamado, e a gente precisa fazer uma entrevista com elas. Perguntamos: “Por que você não quer mais continuar?”. Já ouvi respostas do tipo: “Você sabe há quanto tempo eu não como um bife? Lá em casa, eu comia bife toda hora!”. O que eu posso dizer para um cara desses? “Tchau!”. 9 - Você precisa estar disposto a arriscar tudo! Eu deixei tudo. A minha casa, a minha bicicleta, o meu cachorro... Eu amava o meu cachorro! Deixei tudo para ir para o campo missionário. Eu não olhei para trás. Quando Abraão foi chamado, ele deixou tudo sem saber para onde estava indo. Como Abraão, você precisa estar disposto, no seu coração, a viver numa tenda por toda a sua vida. Se você não tentar, você só poderá imaginar que bênçãos pode ter perdido! O jovem rico sabia que havia mais. Mas, para ser perfeito, ele precisava entregar todo o seu coração. Muitas pessoas pensam que querem seguir a Deus, até o ponto delas terem que arriscar alguma coisa. O jovem rico deve ter achado que aquele era um preço alto demais a ser pago. O risco para ele era muito grande. 
A gente muitas vezes se comporta como o jovem rico. Deus te manda fazer algo depois que você já teve algumas conquistas e você pensa: “Mas, e se eu não recuperar o nível financeiro que eu tenho agora?”. Você não acredita que Deus pode fazer mais e melhor? (Marcos 10:28-30) Todos nós temos um chamado. Nem todos são chamados para serem pastores ou para cantarem, mas todos têm um chamado. E para você seguir o seu chamado de forma plena, vai parecer que você está arriscando tudo. Isso vai acontecer sempre. Mas você pode parar em qualquer ponto da jornada, porque Deus não te força a obedecê-Lo. Mas se você quiser o melhor Dele; se você desejar ir mais alto e andar nos lugares que Ele preparou para você, você precisa desejar arriscar tudo. Você precisa entregar tudo nas mãos de Deus.            
Eu não sou perfeito, mas Deus conhece o meu coração. O que Ele procura é o nosso coração, e Ele sabe que o meu desejo é segui-Lo. Se perseguiram a Jesus, e nós não somos melhores do que Ele, vão nos perseguir também.                    

Ajuda-nos, Senhor! Revele a nós os próximos passos que precisamos dar para te seguirmos. Ajude o nosso homem interior a ter a coragem e a determinação para arriscar. Quando parecer que eu estou prestes a perder tudo, eu vou confiar em Ti e não terei medo. Eu vou te seguir de todo o meu coração. Nenhum preço é grande demais! Eu confio em Ti com todo o meu ser. O Senhor nunca falhará. Eu confio em Ti.

 Fonte: http://www.prmarcusgregorio.com.br/

Deus abençoe este homem de Deus que faz a vontade do Senhor.Ele está no twitter  

 


 Estarei no twitter:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário